Agregar valor ao produto

Como agregar valor ao produto? Veja 5 sugestões

Quem gosta de vender adora pensar sobre como agregar valor ao produto, não é? E não é apenas pelo ótimo resultado, mas pela sensação de realização de dever cumprido. É assim que funciona com você também? Bom, se o tema é novidade, a gente te explica o que é.

Se já pensou sobre esse assunto, vai no mínimo aproveitar umas boas dicas de como vender ainda mais. Então, vamos logo ao que interessa, pois temos um detalhe pra ver antes de tudo. Acompanhe!

O que significa agregar valor ao produto?

Muita gente confunde valor com preço, pois um costuma ser um indicativo do outro, mas os conceitos não são exatamente os mesmos. O preço é o quanto pagamos por um produto ou serviço, enquanto o valor é a importância que damos a algo.

Nesse sentido, uma roupa da cor que o cliente odeia não tem valor pra ele, o que faz com que qualquer preço seja caro. Ao mesmo tempo, um produto personalizado, feito do jeito que o cliente ama, tem um valor superior pra ele, ao ponto de, provavelmente, ele aceitar pagar um pouco mais pra possuí-lo.

Do mesmo modo, outros clientes podem estar mais interessados em variar marcas e produtos na hora da compra. Então, a gente pode dizer que agregar valor é adicionar ao produto atributos que são importantes para o cliente, aumentando a percepção de valor que ele tem sobre aquele item. Isso inclui serviços melhores, condições especiais, uma entrega pontual e assim por diante.

Quais as principais dicas pra agregar valor aos produtos?

Também é importante lembrar que valor agregado não é, necessariamente, um diferencial. Isso porque, quando agregamos algo idêntico ao que a concorrência entrega, estamos nos igualando a ela. É lógico que isso é importante pra não perder mercado, mas não torna o nosso negócio diferente. Mas essa foi uma #dicadebrinde, então veja essas outras que separamos pra você!

1. Facilite a solução de problemas

O cliente pode ter toda espécie de problemas pra receber e usar um produto. Soluções aplicadas a eles facilitam o uso e melhoram a experiência, o que tende a ser valorizado pelo cliente.

Pode ser um bom serviço de montagem, pra quem vende móveis, ou o envio de imagens pelo WhatsApp, se o cliente tem dificuldade de perceber um detalhe do produto que faz diferença pra ele. Tudo depende de identificar o problema e ser criativo e eficiente na forma de resolvê-lo, o que vale em estratégias de vendas online e offline.

2. Desenvolva um bom pós-venda

Você pode nem ficar sabendo de muitos dos problemas que o cliente enfrenta, o que pode ser resolvido se souber aplicar um bom pós-venda. Além de ser uma oportunidade de fazer uma nova oferta, esse processo permite saber se o comprador está satisfeito e entender como foi a experiência dele, pra melhorar sempre.

3. Melhore continuamente  

Muitos dos serviços que você agrega serão imitados pela concorrência. Por isso, eles tendem a perder importância com o tempo. Além disso, o que é valorizado pelo cliente hoje pode deixar de ser amanhã

Outro ponto pra memorizar é que a inovação é a melhor forma de criar valores mais duradouros e difíceis de imitar. Ela não pode parar! 

4. Venda benefícios 

As pessoas não compram os produtos pelo que eles são, mas pelo que proporcionam. Por isso, as características devem ser traduzidas em benefícios. Por exemplo, um computador com um processador de 5,3 GHz, com 10 núcleos, não diz muita coisa, mas poder contar com altíssima velocidade e evitar travamentos descrevem um valor que faz diferença.

5. Encante com o atendimento

Um canal de suporte e atendimento ao cliente, respostas rápidas e soluções imediatas são valores indispensáveis. O atendimento encantador está entre as melhores formas de agregar valor.

Pra terminar, é bom não esquecer que é o negócio que ganha ao agregar valor ao produto. Essa estratégia gera reconhecimento no mercado, aumento da competitividade, maior lucratividade e, principalmente, clientes satisfeitos, que compram e indicam. Tudo bem? Agora, nem pense em ir embora!

O Magalu quer te ajudar ainda mais: fica mais um pouco aqui no blog e aprenda a definir o preço de venda dos seus produtos!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa