Benchmarking: aplicando e medindo melhorias

Descubra se as mudanças que foram feitas deram resultado!

Gente, depois de entender o que dá pra mudar na sua empresa pra deixar os clientes mais satisfeitos, é hora de aplicar as novidades e medir se elas deram o resultado esperado. E esse é o tema deste terceiro e último texto da nossa série sobre benchmarking! Olha só essas dicas bem legais que preparamos pra você!

Como fazer as mudanças

Olha, quando o benchmarking é bem feito, ele pode dar muitas ideias legais de melhoria pra sua empresa, viu? Só que, na hora de aplicar elas, é importante levar em conta a realidade da sua loja virtual e, se for o caso, fazer adaptações pra aproveitar o que descobriu.

Por exemplo, você pode ter visto um serviço de atendimento ao cliente incrível, mas que precisa de uma equipe grande pra funcionar. Então, se o seu e-commerce tem poucos colaboradores, é importante ajustar essa ideia ao que seu time pode oferecer.

Senão, num primeiro momento o trabalho até pode funcionar, mas seu pessoal vai ficar sobrecarregado e, com o tempo, isso gera insatisfação e perda de qualidade. Por isso, a dica é ficar de olho nisso e combinar as ideias descobertas às suas possibilidades no dia a dia, tá?

Outra dica é começar as mudanças aos poucos. Mas isso se não for algo urgente, viu? É que daí fica mais fácil perceber o que pode ser ajustado pra dar o melhor serviço ao cliente e contornar qualquer situação que não tenha saído exatamente como você queria.

Medindo os resultados

Depois que as mudanças chegam aos clientes, é hora de medir o resultado delas. E não tem uma regra pra saber a hora certa de fazer isso. Pode depender de quantas vendas sua empresa faz, do que você queria melhorar e de muitos outros detalhes.

Uma dica é oferecer o mesmo serviço, sem novas mudanças, pra todos os clientes que vão responder à pesquisa. É que se você fizer mudanças durante o período do estudo, os resultados podem acabar te confundindo sobre o que é preciso arrumar.

Ah, e ainda no exemplo do atendimento ao cliente, dá pra enviar um questionário a todos os consumidores na cidade do Rio de Janeiro que fizerem compras no mês de maio, por exemplo.

Ficou com dúvida de como funcionaria essa mudança? Eu te falo melhor sobre isso. É assim: você aplica a melhoria em todos os atendimentos feitos a clientes no Rio de Janeiro em abril. Depois, espera passar esse mês antes de fazer a pesquisa e vê se nada saiu muito fora do esperado. É que, como a melhoria é recente, a sua equipe ainda pode não ter entendido exatamente o que fazer. Daí o resultado ia mostrar a insatisfação com esse problema, e não com a melhoria que você quer fazer em si.

E se o serviço chegar ao fim de abril funcionando direitinho, dá pra aplicar a pesquisa nos clientes do mês de maio. Inclusive, dá até pra convidar a pessoa pra um questionário depois do atendimento.

Terminou o mês de maio? Então, é só avaliar o resultado final da pesquisa e fazer os ajustes necessários no serviço!

Viu só como é simples aproveitar tudo de bom que o benchmarking pode dar pra sua empresa? Se tiver ficado com alguma dúvida, pode ser legal ler a primeira e a segunda matéria da série que fizemos sobre esse assunto, tá?

Nós aqui do Magalu ficamos sempre de olho em boas ideias pro seu negócio. Vem dar uma olhadinha no nosso blog!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa