Benchmarking: de olho na concorrência

Saiba como avaliar as empresas que vão servir de referência pro seu estudo!

Gente, encontrar um jeito prático de comparar seu e-commerce com concorrentes é fundamental pra ter bons resultados no seu benchmarking, viu? E esse é o tema desta matéria, a segunda de uma série de 3 textos que vão te ajudar a melhorar o serviço da sua loja virtual! Então, vem dar uma olhadinha nas dicas!

De olho na concorrência

No primeiro texto dessa série, nós falamos um pouco sobre como começar o benchmarking identificando pontos que precisam ser melhorados na sua empresa. Agora, depois de saber direitinho o que é esperado do seu e-commerce, é hora de dar uma olhada em como os concorrentes trabalham.

Mas você sabe quais concorrentes escolher? Uma dica é olhar tanto concorrentes diretos como indiretos. Funciona assim: os concorrentes diretos são aqueles que vendem o mesmo tipo de produto que você. Já os concorrentes indiretos são aqueles que trabalham com o mesmo perfil de público, mas vendem produtos diferentes. Por exemplo, se a sua loja virtual é especializada em roupas femininas, os e-commerces que trabalham com joias são concorrentes indiretos. Ou seja, eles não vendem o mesmo produto, mas disputam os recursos dos mesmos clientes!

Outro detalhe importante é saber quantas empresas escolher pra comparar com a sua. Isso vai depender de quanto tempo você tem disponível pra fazer as melhorias, mas a dica é que três concorrentes diretos e outros três indiretos já podem render boas ideias pra novidades na sua loja, viu?

Ah, e um detalhe que vale a pena ficar de olho é no tamanho dos seus concorrentes! Às vezes empresas grandes resolvem problemas de um jeito simples e que pode ser adotado por lojas de todos os portes. Já em outras situações são as lojas menores que podem ter soluções mais fáceis de adotar no seu e-commerce.

Na dúvida, pode ser bom variar o perfil dos concorrentes que vai usar pro seu benchmarking, tá? Daí fica mais fácil descobrir alternativas pra melhorar seu atendimento.

Avaliação ponto a ponto

Escolheu as empresas que vão servir de referência pra sua comparação? Então o próximo passo é começar a pesquisar mais sobre elas!

Na primeira etapa, dê uma olhada em algumas publicações sobre as empresas concorrentes na internet, em redes sociais e sites de reclamação. Daí você vê se os clientes percebem elas como boas referências naqueles pontos que você quer melhorar no seu e-commerce.

Depois, pode ser uma boa fazer uma compra no site deles. É que, como você tem um olhar diferente de clientes comuns pro dia a dia dos negócios, pode perceber alguns detalhes que passam despercebido por outras pessoas. Esse passo é ótimo pra avaliar em detalhes o atendimento prestado pelas empresas, como o tempo de entrega, pós-venda e muito mais!

Ao  juntar todas essas informações, a dica é conversar com especialistas na área que sua empresa precisa melhorar. Você pode ir a palestras, por exemplo, ou até bater um papo com autores de livros. A internet e as redes sociais ajudam muito a entrar em contato com esses profissionais!

É bastante pesquisa, né? O bom é que, com todo esse estudo, vai ficar bem mais fácil acertar nas mudanças que precisam ser feitas na sua loja on-line! E o que você precisa fazer pra aplicar as mudanças na sua empresa é tema do nosso próximo texto sobre benchmarking, viu? Fica de olho!

Ah, e não leu ainda o primeiro texto da nossa série sobre benchmarking? Ele tá bem aqui!

Nós aqui do Magalu estamos torcendo pelo sucesso dos nossos parceiros! Vem dar uma olhadinha em nosso blog com várias dicas bem legais que separamos pra sua empresa!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa