como criar um site de vendas online

Quer saber como criar um site de vendas online? Veja aqui!

Você já deve ter percebido que o cenário do mundo mudou bastante nos últimos meses. Muitos empreendimentos que nasceram em lojas físicas entenderam a necessidade de oferecer serviços pela internet. Se esse é o seu caso, do que vai precisar? De um site! Então, surge o desafio: como criar um site de vendas online?

Pode ficar tranquilo que iniciar essa estratégia para sua empresa pode ser bem mais fácil do que você imagina. Aqui a gente gosta de praticidade. Então, vamos mostrar neste artigo algumas dicas bem diretas e simples que ajudarão a começar agora mesmo! Vamos lá?

Qual é a importância de ter um bom site de vendas?

Ter um site de vendas é uma grande oportunidade de expandir a atuação da empresa e aumentar o faturamento. Afinal, comprar online já se tornou um hábito de muitos brasileiros. Pra te provar isso, confira alguns dados levantados pelo SPC Brasil e CNDL:

  • 86% dos usuários que usam a internet informaram ter feito compras online no último ano;
  • nos 12 meses anteriores à pesquisa, os consumidores fizeram 7 compras em média.

Assim, a tendência é que as pessoas fiquem cada vez mais conectadas e utilizem a rede para satisfazer desejos de compra. Não é demais? Quando você cria um site de vendas, é possível alcançar todas essas pessoas, tornando a loja acessível a clientes de diferentes regiões.

Mas não basta ter um site, é importante que ele seja bom, ok? E o que isso significa? Quer dizer que ele precisa ser seguro, fácil de usar, além de ter visibilidade, é claro. Então, veja algumas dicas de como criar um site de vendas de sucesso!

Como criar um site de vendas?

Mais do que criar um site, você precisa implementar estratégias que deem ao seu negócio diferenciais competitivos para se destacar no mercado. Vamos falar abaixo de algumas ações importantes.

Escolha a plataforma

A plataforma será a base onde você vai construir a loja online. Ela precisa ter funções importantes, como inserir e editar produtos, fluxo de pedidos, controle de estoque, envio de nota fiscal, gerenciamento de entregas, entre outras.

Lembre-se de que, nesses casos, é preciso contratar um domínio e uma hospedagem para instalar a plataforma desejada. Após a instalação, talvez seja necessário incluir alguns plugins para utilizar recursos específicos, como meios de pagamentos, frete, backup e soluções de segurança.

Vale ressaltar que algumas dessas lojas online são, na verdade, plugins instalados em uma plataforma. É o caso do WooCommerce, que é instalado no WordPress. Outros são sistemas mais complexos que funcionam de forma independente.

De qualquer forma, é importante selecionar a plataforma que supra suas necessidades. Da lista que apresentamos, o WooCommerce é um dos mais adotados, por ser um sistema flexível, com bastante personalização. Plugins adicionais permitem adicionar diversas funcionalidades. Embora o recurso seja gratuito, os melhores plugins costumam ser pagos.

Crie um layout

Após instalada a plataforma, entra toda a parte do design. Algumas dessas plataformas não contam com muitas opções de ajustes de layout, conseguindo apenas mudar esquema de cores, imagens, ícones e posição de certos elementos. Já outras são bastante flexíveis.

Seja qual for sua plataforma, investir em um bom layout é fundamental. Afinal, quem é que não gosta de entrar em uma loja virtual e navegar em um design bonito, organizado, agradável e fácil de usar, não é mesmo?

E não se esqueça da importância de um sistema responsivo, ou seja, compatível com dispositivos móveis, como celulares e tablets. Sabe por quê?

Lembra daquela pesquisa do SPC Brasil que a gente mencionou? Ela descobriu também que sete em cada dez pessoas fizeram compras pelo smartphone! Então, se seu cliente entrar na sua loja pelo celular e o site não funcionar, já sabe, né? Perdeu a venda.

Crie títulos e descrições claras dos produtos

É nessa hora que você precisa arrasar no seu copywriting, ou seja, na escrita persuasiva, focada na venda. Lembre-se de que, na loja física, o consumidor pode ver o produto e tocar nele. Então, muitas vezes, o próprio item dispensa palavras. Esse não é caso de uma loja online.

Por isso, a descrição da mercadoria precisa ser muito clara, objetiva e completa. Não deixe de fora informações importantes sobre o produto, como principais características, cores, dimensões, peso e texturas.

Uma dica bem legal é se colocar no lugar do consumidor e pensar no que gostaria de saber sobre a mercadoria antes da compra. Pergunte-se também sobre os benefícios que a aquisição pode representar para o consumidor, para quem ele se destina e como o produto pode ajudar o cliente.

Use imagens de alta qualidade

O e-commerce é sua vitrine virtual. Assim, capriche nesse catálogo, e as imagens são a principal forma de fazer isso. Disponibilizar imagens de alta resolução é uma ótima estratégia. Por meio delas, o cliente consegue ter uma noção mais clara das características do produto.

Considere a parceria com um marketplace

Se pensar em todo o trabalho e os custos de criar um site de vendas do zero é algo que preocupa você, temos uma dica superespecial! Existem caminhos muito mais fáceis e rápidos! Dá pra ter seu e-commerce funcionando de forma muito mais prática e barata cadastrando a sua loja em um marketplace, como o Magalu!

Numa plataforma como a nossa, você vai contar com todos os recursos de que precisa sem fazer investimentos. Assim, não precisa contratar domínio, hospedagem, desenvolvedores, nem mesmo ter que lidar com plugins e compra de soluções de segurança. Tudo fica por conta do marketplace! Bom demais, né?

Por que investir em marketing digital?

Então, digamos que você já criou o site e ele está prontinho pra receber clientes e fazer vendas. Mas como eles vão encontrar a loja no vasto mundo da internet? Ter um e-commerce sem tráfego é o mesmo que abrir uma loja em uma rua vazia, sem movimento. Você poderá ter prejuízos.

Por isso que investir em marketing digital é tão importante. Por meio desse tipo de estratégia, dá pra garantir mais:

  • credibilidade para o seu negócio: todos reconhecem sua marca, expressando muito mais confiança para fazer uma compra;
  • alcance: o marketing promove a loja na internet e faz o e-commerce ser encontrado por pessoas que precisam de seus produtos, onde quer que estejam;
  • proximidade: uma boa estratégia de marketing atrai e engaja os clientes, além de fortalecer o vínculo com o público, gerando ótimos resultados tanto agora quanto no longo prazo — especialmente se você trabalha em um mercado de nicho.

A abertura de uma loja virtual pode representar um grande avanço para sua empresa. É uma tendência cada vez mais forte que veio para ficar. Então, o que está esperando para lançar sua marca na internet?

Gostou de saber mais sobre como criar um site de vendas? Temos sempre ótimas dicas por aqui. Então, conecte-se com a gente: estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube. Aproveite e também acompanhe a nossa agenda de treinamentos no Eventials!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa