e-commerce no brasil

Panorama do e-commerce no Brasil: veja os desafios e as oportunidades!

Em 2020, o e-commerce no Brasil teve um avanço bastante expressivo. A quarentena decorrente da pandemia do coronavírus fez com que muitos consumidores fossem às vitrines virtuais pra fazer suas compras. Você provavelmente notou como esse fenômeno acelerou o crescimento no setor, não é verdade?

Afinal, com as lojas físicas fechadas e a redução da circulação de pessoas pelas ruas, muitos empreendedores precisaram se reinventar e buscar soluções online para entregar produtos e serviços.

Assim, vivemos hoje em um quadro totalmente novo, com muitas oportunidades e alguns desafios que ainda precisam ser vencidos no e-commerce. Por isso, neste post, vamos falar sobre esse tema tão importante. Vem com a gente pra saber mais!

Crescimento do e-commerce no Brasil

As medidas de combate ao coronavírus restringiram o acesso ao varejo, motivando os consumidores a buscar canais alternativos de compra. Diversas pesquisas têm indicado um avanço acelerado das vendas online, registrando uma importante tendência de crescimento em curto prazo e, para alguns setores, em longo prazo.

A quarta edição do relatório NeoTrust, desenvolvido pela Compre & Confie, mostrou que, somente no segundo trimestre de 2020, o varejo online faturou cerca de R$33 bilhões. O total de pedidos ficou em torno de 82 milhões, representando um avanço de 112,3% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

No topo do ranking dos segmentos impactados de forma mais positiva, ficaram:

  • moda e acessórios (19,5%);
  • perfumaria, saúde e beleza (13,7%);
  • entretenimento (12,6%).

O relatório também indicou que uma das importantes tendências do e-commerce em evidência nos últimos meses foi a entrada de bens de consumo não duráveis, como produtos de limpeza e alimentos. Uma vez que são itens consumidos no dia a dia, apresentam uma recorrência importante para elevar o faturamento da loja virtual.

Nesse forte movimento, até mesmo os consumidores que nunca haviam feito compras online se renderam à facilidade. Foram 5,7 milhões de novos brasileiros no mercado eletrônico. Incrível, não? Levando em conta o mesmo período do ano anterior, o número de consumidores online saiu de 12,9 milhões para 23,6 milhões — 82,1% a mais!

Mas será que esse crescimento está apenas atrelado à pandemia? Não é bem isso que mostram os números. Uma pesquisa da Social Miner, feita com a Clearsale, Octadesk e Opinion Box e divulgada pelo E-commerce Brasil, identificou que o Dia dos Pais apresentou um crescimento de 127% na qualidade de pedidos online em relação ao ano anterior. Foi um total de R$6,21 milhões em compras!

Todo esse crescimento foi observado mesmo com o afrouxamento das medidas restritivas impostas pelas autoridades. Por diversos motivos, as pessoas estão mais propensas a comprar online, e essa tendência parece que vai permanecer. Sabe por quê? Vamos ver alguns fatores que podem explicar esse avanço.

Fatores que explicam a trajetória de crescimento

Percebemos um grande número de brasileiros que precisou recorrer às compras online neste período de quarentena, perdeu o medo e agora encara o e-commerce como uma importante alternativa.

Esse encantamento se deu devido às muitas vantagens que as lojas virtuais trazem para o consumidor. Confira só.

Facilidade

Fazer compras sem precisar sair de casa e ter à sua frente variedade de produtos e de preços é, sem dúvida, uma vantagem sensacional! É muito fácil comparar ofertas em diferentes lojas e encontrar exatamente o que está procurando.

Outra facilidade é a possibilidade de monitorar os produtos pra ser notificado quando o valor estiver mais barato. Dessa forma, o consumidor consegue sempre os melhores preços.

Segurança

A questão da segurança sempre foi uma grande preocupação dos consumidores de tipo conservador. O medo de ter o cartão clonado ou simplesmente não ter o produto entregue são receios que ainda rondam a mente de alguns.

Mas o consumidor tem entendido que o e-commerce é bastante seguro e que existem muitas lojas confiáveis no mercado, garantindo uma entrega de qualidade.

Economia de tempo

O simples fato de não precisar perder tempo de loja em loja pra encontrar o melhor produto ou economizar na compra já é uma vantagem que justifica a compra online.

Mesmo precisando esperar o prazo de entrega, os usuários têm entendido que o e-commerce vale muito a pena. Afinal, ele vai receber o produto na porta de casa.

Essa nova visão que o consumidor tem desenvolvido abre um leque de muitas oportunidades pra você. Por outro lado, a grande demanda e as atuais condições do e-commerce no Brasil ainda representam alguns desafios. Veja só.

Desafios e oportunidades para o e-commerce no país

Ainda precisamos vencer muitos desafios pra garantir uma experiência mais incrível e atrair clientes. Entre alguns problemas enfrentados pelo setor, estão:

  • logística: ainda há muita reclamação com a demora nas entregas. O Brasil tem dimensões continentais, e muitas empresas enfrentam problemas com armazenagem e comunicação com transportadoras. E quando o assunto é lidar com devoluções e trocas (logística reversa), a situação complica;
  • tributação: parece que a legislação tributária não evoluiu na mesma velocidade que os e-commerces. Por exemplo, o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é estadual, variando regras de uma unidade federativa para outra, mas o e-commerce vende para o Brasil todo. Aí você já sentiu o problema, né? E essa é só a ponta do iceberg;
  • abandono do carrinho: por diversos motivos, o cliente chega ao site, escolhe o produto, mas não prossegue com a compra.

Apesar desses desafios, o e-commerce brasileiro está imerso em um mar de oportunidades, e você precisa aproveitar! Algumas delas são:

  • tráfego no mobile: segundo a pesquisa CNDL/SPC Brasil, 67% dos usuários conectados fazem compras online pelo smartphone;
  • evolução dos marketplaces: essas plataformas têm democratizado a entrada de diversos empreendedores no mercado eletrônico. Dão todo o suporte e a infraestrutura necessária para o lojista, tornando a estratégia digital rápida, prática e barata;
  • integração de canais: o e-commerce abre a grande oportunidade pra você unir os seus diversos canais de contato com o público em uma única plataforma, promovendo uma experiência de consumo muito mais significativa e fortalecendo o marketing.

Entrar nessa tendência do e-commerce no Brasil é uma grande oportunidade de marcar sua presença digital e, com isso, gerar melhores resultados para o negócio. E o que você está esperando pra entrar nessa revolução?

Agora é hora de você fazer sua parte. Ajude a divulgar o mercado eletrônico e compartilhe este artigo nas suas redes sociais! Leva só alguns segundinhos!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa