Empreendedoras: opções de financiamento

Estudo mostra que muitas mulheres ainda investem recursos próprios em empresas.

Sabia que mais de 40% das empreendedoras do país não solicitam empréstimos com bancos por receio de ficar com dívidas? É o que mostra um estudo da Rede Mulher Empreendedora, que também aponta que elas costumam investir recursos próprios em suas empresas!

Mas olha, isso não precisa ser assim, tá? Tem muitas alternativas práticas, com juros reduzidos ou até mesmo inexistentes, pra conseguir aquele empurrãozinho que a sua empresa precisa! Quer saber mais sobre elas? Então dá uma olhadinha nessas dicas que nós aqui do Magalu preparamos pra você!

Microcrédito

Microcrédito é ideal pra pequenos negócios que precisam investir até R$ 5 mil

O microcrédito é ideal pra pequenos negócios formais ou informais com poucos recursos e que precisam de um empurrãozinho pra melhorar o serviço prestado, viu? E, em alguns casos, dá pra encontrar linhas de crédito especiais pra mulheres também!

Esse tipo de serviço costuma ser bem focado na população com renda mais baixa, que têm uma oportunidade de empreender, tá? Por isso, embora algumas vezes libere até R$ 20 mil, costuma ser a opção ideal pra quem procura conseguir entre R$ 1 mil e R$ 5 mil.

Um detalhe legal do microcrédito é que ele costuma ficar à disposição de quem tá em situações que dificultam o crédito em vários lugares, como a falta de avalista. Além disso, o prazo longo pra quitar o pagamento e os juros bem baixinhos são outras vantagens. Pra se ter uma ideia, tem casos em que os juros não chegam nem a 0,40% ao mês!

Ah, até por causa desse incentivo à população com menos recursos e as condições bastante vantajosas pra quem precisa do empréstimo, opções de microcrédito costumam ser encontrados em instituições ligadas de algum jeito ao governo, como o Banco do Povo Paulista, Banco do Nordeste ou Fomento Paraná!

Investidor-anjo

Investidor-anjo é uma opção incrível pra financiar projetos inovadores

Tem uma ideia boa e inovadora pra começar ou expandir seu negócio e quer evitar dívidas caso o trabalho não dê o resultado esperado? Então, vale a pena procurar um investidor-anjo!

Os investidores-anjos são pessoas que têm recursos, experiência em negócios e tão procurando boas oportunidades em empresas que podem dar certo. Então, pra conseguir esse apoio, você vai ter que convencer eles de que sua ideia merece investimento financeiro!

Essa é uma opção incrível pra quem precisa de algo entre R$ 100 mil e R$ 500 mil pra colocar em prática o que deseja, viu?

Uma detalhe importante é que você pode ter mais de um investidor-anjo no seu negócio. Mas é bom você saber que essa pessoa vai poder opinar sobre o que vai ser feito, inclusive pedindo mudanças no seu projeto.

Agora, diferente de um empréstimo, não é preciso devolver o investimento que conseguiu mesmo que a ideia não dê certo. Por outro lado, se tudo correr como o esperado, parte do seu lucro vai pro investidor. O percentual dessa divisão pra ele, que costuma variar entre 15% e 35%, é algo que precisa ser acordado entre vocês!

Uma dica pra entender melhor como fazer um projeto e onde encontrar esses investidores é acessar o site da organização não-governamental Anjos do Brasil!

Equity crowdfunding


Nessa opção, seu projeto pode ter vários sócios-investidores

Já viu aquelas vaquinhas virtuais pra arrecadar recursos a fim de organizar um evento e, em troca, é dada uma recompensa a quem fez doações? O Equity crowdfunding funciona mais ou menos do mesmo jeito! Só que, em vez de receber um presente, quem doa ganha uma pequena parte da sua empresa e vira sócio.

Ficou interessada em usar o equity crowdfunding? Então você vai precisar de um projeto explicando direitinho qual é o investimento que você precisa, como vai ser feito o gasto dos recurso e muitos outros detalhes. Daí, tem que enviar sua proposta pras empresas que vão avaliar ela e, se tudo der certo, apresentar seu negócio a possíveis investidores.

Nesse caso, diferente do investidor-anjo, mesmo projetos que não são inovadores têm muitas chances de conseguir sucesso! E, em comparação com o microcrédito, o equity crowdfunding é ótimo pra quem precisa de uma quantidade bem maior de recursos pra investir!

Agora, com esse serviço, você pode ter muitos sócios a mais do que se usar a opção de investidores-anjos. E também é muito importante que sua empresa esteja totalmente regularizada, já que o serviço de equity crowdfunding é fiscalizado pela Comissão de Valores Mobiliários, um órgão que regulamenta investimentos no país.

Quer uma ajudinha pra entrar nesse universo? Então, vale a pena consultar a Associação Brasileira de Crowdfunding de Investimentos!

Ah, e aqui você pode saber um pouco mais sobre o crescimento do empreendedorismo no país nos últimos anos e o perfil das empreendedoras!

Gostou? Aqui no Magalu tem muitas outras dicas bem legais pra nossas parceiras! Vem dar uma olhadinha no nosso blog!


Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa