Empreendedorismo feminino em crescimento

Aqui tem mais sobre o perfil das empreendedoras e dicas pra elas!

Sabia que o número de empreendedoras tá crescendo no país a cada ano? Pois é! Agora, pras mulheres que tão pensando em abrir uma empresa ou querem aumentar as chances de seguir com um negócio bem sucedido, é legal entender mais sobre como é o empreendedorismo feminino no país e o que fazer pra ter sucesso! E nós aqui do Magalu temos algumas dicas bem legais. Vem conferir!

Mulheres empreendem cada vez mais

Gente, tem muita mulher empreendendo no país! Pra você ter uma ideia, entre os anos de 2001 e 2011, o número de empreendedoras cresceu 21%, enquanto o de homens não chegou nem à metade disso. Em 2016, elas foram as responsáveis por mais da metade das empresas abertas!

E ser uma empreendedora independe do tamanho da sua empresa, viu? Ter uma pequena loja de sabonetes e perfumes é válido igualzinho a ter uma grande startup! O importante é manter a sua empresa bem gerida fazendo o que gosta!

Agora, pra você ter uma ideia melhor de como é o país pras mulheres empreendedoras, tem alguns dados bem legais do Sebrae e do instituto RME – Rede Mulher Empreendedora que são importantes conhecer.

Perfil das empreendedoras

Olha, tem muitas mulheres bem diferentes umas das outras que escolheram o empreendedorismo pra conquistar seu espaço profissional! Quer dar uma olhadinha em que muitas delas são parecidas com você? Com base em estudos recentes, dá pra dizer que a maioria:

  • Tem entre 31 e 50 anos e começa a empreender depois de ser mãe. Uma pesquisa recente mostra que 7 a cada 10 empreendedoras buscam essa oportunidade de trabalho após se tornarem mães
  • Prefere empreender pra ter flexibilidade de horário e trabalhar com o que gosta
  • Trabalha a maior parte do tempo a partir de casa e dedica de 7 a 8 horas por dia ao que faz
  • Atua no setor de serviços e tem empresa aberta como microempreendedora individual – MEI, sem sócios
  • Ganha até R$ 5 mil por mês

Alto nível de capacitação

Olha, estudos mostram que 80% das empreendedoras têm ensino superior completo, viu? Agora, se você não tem, isso não quer dizer que não pode empreender ou tem menos chances de sucesso. O importante é ficar de olho na capacitação, o que é algo bem simples de fazer!

O Sebrae tem um levantamento que mostra que 68% das mulheres empreendedoras buscam informações em palestras gratuitas. Legal, né? E 38% vão a eventos, palestras e encontros de empreendedorismo. Muitas usam as redes sociais pra saber sobre eles. Muito prático!

Importância do planejamento e de gestão

Quanto maior o planejamento e os cuidados com a gestão no dia a dia, maiores as chances do negócio dar certo, tá? Então, tem que ficar de olho nisso!

Um detalhe legal é que as pesquisas mostram que 33% faz uso de programas de gestão e outros 33% usam planilhas ou cadernos pra fazer o controle. E essa é uma boa dica! Pode fazer o controle da sua empresa no computador ou por escrito, mas é importante deixar anotadinho ganhos, gastos e investimentos! Daí fica até mais fácil saber o que tá dando lucro ou não, né?

Agora, uma coisa que a maioria das mulheres empreendedoras faz é misturar a conta do negócio com a pessoal no banco. Isso dificulta fazer o controle dos gastos e pode atrapalhar bastante o controle do que você ganha. O bom é que hoje em dia é fácil abrir contas pra pessoa jurídica sem nenhuma taxa!

Aliás, algo que acontece bastante é as mulheres usarem recursos pessoais pra investir na empresa. E tem muitas alternativas pra conseguir financiamento pros seus projetos! Quer saber mais sobre elas? Esse assunto é o foco do nosso próximo texto!

Gente, fala sério, o Magalu tem várias dicas muito legais pros nossos parceiros, né?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa