Erros de quem vende em marketplace

Conheça 8 erros de quem vende em marketplace

É grande o crescimento das vendas online, o que tende a atrair mais concorrentes e aumenta a importância de eliminar os erros de quem vende em marketplace. Sabe por quê? É que nos negócios nunca existe um único motivo que justifique os resultados, mas se o mercado é competitivo, falhar mais que a concorrência certamente coloca a empresa em desvantagem.

Pra ter uma ideia do cenário atual, segundo a Meio & Mensagem, as vendas de e-commerce aumentaram 47% no primeiro trimestre de 2020, o que representa a maior alta em duas décadas. O dado é de uma pesquisa da Ebit/Nielsen, feita em parceria com a Elo.

O valor médio dos pedidos também cresceu em 6%, sem contar o número de compradores virtuais, que aumentou em 40%. Quantas dessas pessoas deixaram de comprar de uma empresa ou outra? Por causa de erros que podiam ter sido evitados? Isso a pesquisa não diz, mas podemos te contar os erros mais comuns e dar boas pistas pra evitá-los. 

1. Falta de conhecimento especializado

É comum que profissionais da área comercial aprendam conforme aumentam a experiência, em outras palavras, o velho e bom “aprender fazendo”. Alguns parecem ter nascido com o dom das vendas e não sentem dificuldade, enquanto outros podem até desistir da profissão pela falta de conhecimento especializado.

Quando essa lógica de experimentar é usada por quem vende em marketplace, a dificuldade pode ser ainda maior. Vender é uma arte que depende de bons argumentos, conhecimento sobre as pessoas, os produtos e as técnicas de marketing, o que também inclui o entendimento sobre o funcionamento do marketplace. 

Em toda a atividade, quem for especializado tem mais chances de obter sucesso, pois sabe aproveitar melhor as oportunidades e, no caso de plataformas digitais, as funcionalidades e particularidades. Por isso, aproveite ao máximo as nossas dicas, faça os nossos treinamentos e busque aprender cada vez mais. 

2. Processos operacionais ruins

Um bom controle de estoque e de todos os processos internos, como o recebimento dos pedidos, separação e envio dos produtos, são tarefas importantíssimas para o sucesso de qualquer negócio online.

Sem esse cuidado, até mesmo um sucesso inicial pode gerar problemas e quedas futuras nas vendas. Imagine uma empresa que fez tudo como deveria em cada detalhe. Por causa disso, ela começa a vender muito e precisa dar conta de cada vez mais entregas e atendimentos.

Se os processos não foram bem definidos, isso pode gerar muitas dificuldades. Muitas vezes, alguns problemas de entrega que o consumidor não perdoa. O ideal é elaborar uma estrutura simples e enxuta, mas funcional, que permita o crescimento das vendas sem a necessidade de grandes investimentos pra aumentar a estrutura. 

3. Erros de cadastro

Tudo começa com um bom cadastramento dos produtos. Os erros nesse processo podem diminuir a conversão, gerar descontentamentos e até processos judiciais, se o consumidor se sentir enganado por uma informação errada.

Então, tenha muita atenção com os títulos, as descrições, a categorização de cada item e com as imagens, que devem ter qualidade e são fundamentais pra ajudar a descrever o produto. Melhor do que uma informação escrita é aquela que pode ser conferida visualmente.

4. Preços pouco competitivos

Os consumidores sempre tomam cuidado com a qualidade, que deixou de ser um diferencial pra se tornar um requisito, ou seja, é o mínimo que um produto tem de ter. Por isso, quando uma empresa não consegue ofertar uma linha com preços realmente competitivos, o sucesso no marketplace é mais difícil, pois ele é um fator importante na tomada de decisão.

Se o consumidor acreditar que pode conseguir um preço menor, vai abandonar o carrinho e, se encontrar um mais baixo, certamente vai dar preferência a ele — a não ser que desconfie de algum golpe ou perceba que a qualidade não é compatível.

A gente sabe que não é fácil conseguir os melhores preços e custos, mas podemos garantir que acompanhar o preço da concorrência, selecionar alguns produtos mais competitivos e aproveitar datas especiais e ações promocionais de sucesso, como a Liquidação Fantástica do Magalu, fazem toda a diferença no marketplace.

5. Mesma política pra todo marketplace

Conhecer o público de cada marketplace e identificar as oportunidades de negócio que eles oferecem também faz diferença e muita gente acaba deixando essa personalização de lado. Se você entender o que diferencia cada um deles, também pode trabalhar de um modo mais alinhado.

Por exemplo, fica muito mais fácil vender bem no Magalu Marketplace se as suas políticas e o seu atendimento seguirem a mesma estratégia, buscando fortalecer e aproveitar a entrega dos principais benefícios, que são:

  • divulgação ampla em todo o país;
  • venda multicanal;
  • entregas em todo o Brasil;
  • experiência digital humanizada;
  • transparência e honestidade;
  • proximidade com o consumidor.

6. Problemas de reputação

O comprador pode ficar entusiasmado em fechar uma compra, mas voltar atrás se tiver dúvida com relação ao serviço — especialmente se ele já teve problemas anteriores com entregas e se sofreu algum golpe. O marketplace do Magalu ajuda a eliminar esse problema, mas a reputação da sua loja também será considerada.

Uma reputação ruim é sinônimo de posição também ruim nos buscadores e baixa conversão de vendas. Por isso, acompanhe as reclamações e busque resolver cada caso com a atenção que merece. Isso vale em qualquer negócio, mas nas vendas online fica muito mais evidente e fácil de consultar pro consumidor.

7. Portfólio de produtos limitado

Você pode começar com uma linha limitada de produtos pra ganhar experiência e estruturar a sua operação, mas o negócio vai crescer muito mais rápido quando você oferecer variedade.

Uma linha diversificada ajuda a equilibrar a lucratividade e aumenta as chances de venda, ou seja, cada novo item cadastrado é uma nova chance de fechar um negócio. Mas o mais grave desse erro é quando a empresa se cadastra no marketplace e coloca um ou dois produtos pra “ver se vende”. A resposta pra essa dúvida é: talvez até venda, mas os resultados maiores dependem sempre de dedicação.

8. Baixo foco estratégico

As estratégias de vendas são fundamentais para o sucesso do negócio e muitas empresas trabalham focadas nas tarefas operacionais, como separar pedidos e emitir notas fiscais. Essas atividades são muito importantes, inclusive pra diminuir desperdícios e custos, mas o sucesso do negócio depende de um foco mais estratégico. Você precisa de tempo pra analisar os números, o comportamento de compra e o panorama do mercado.

Pra terminar, saiba que você sempre pode contar com a gente. Nossa dedicação pra ajudar a diminuir os erros de quem vende em marketplace vai muito além deste post. Benefícios como o Magalu Entregas, o Magalu Ads e o nosso modelo de negócios são elaborados pra facilitar o seu sucesso.

Por isso, cadastre-se agora e conheça as oportunidades de vendas do marketplace mais querido do Brasil!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa