Magalu participa de evento internacional de inovação e tecnologia

Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza, vai fazer apresentação no Brazil At Silicon Valley

Gente, o Magalu vai marcar presença na primeira edição do Brazil At Silicon Valley. Esse evento é uma conferência sobre inovação e tecnologia que será nos dias 8 e 9 de abril, na Universidade Stanford, no Estado da Califórnia, Estados Unidos.

E entre os mais de 30 palestrantes que vão fazer apresentações no evento, está Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza. O Magalu é reconhecido como um case por causa da transformação digital pela qual passou e por suas estratégias omnichannel de marketing, que é o atendimento do cliente interligado em diferentes canais de comunicação on-line e offline.

Pra você ter uma ideia da importância da conferência, alguns dos outros nomes confirmados são Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual; Thomaz Srougi, CEO do Dr. Consulta; David Velez, CEO do Nubank; e Bina Kalola, diretora administrativa de global banking & markets no Bank of America Merrill Lynch. Demais, né?  

Participação na Brazil At Silicon Valley

Esse evento é organizado por estudantes brasileiros locais pra fazer uma ponte entre Brasil e Estados Unidos por meio do debate de cases brasileiros de inovação e tecnologia. Ah, e a universidade Stanford fica na cidade de Palo Alto, que faz parte da região americana que ficou conhecida como Vale do Silício, famosa pelas empresas de tecnologia nas últimas décadas.

O evento é aberto apenas a convidados, mas estudantes e universitários graduados até junho de 2017 podem tentar concorrer a uma vaga para participação. O prazo pra se candidatar é 10 de março, tá? Quer saber mais? Então dá uma olhadinha no Instagram do evento ou mande um e-mail pra info@brazilatsiliconvalley.com.


Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa