nota fiscal para loja virtual

Nota Fiscal para loja virtual: como é esse processo?

Você já se perguntou como é emitir Nota Fiscal para loja virtual? Não dá pra negar que esse é um assunto que traz dúvidas. E pela sua importância, é preciso se organizar pra cumprir com todas as etapas de emissão do documento.

A regra é clara: todo produto vendido deve ser encaminhado com a Nota Fiscal (também conhecida pela sigla, NF). Essa é uma obrigação tributária das empresas e, além disso, é um cuidado que mostra profissionalismo aos seus clientes, viu? Afinal, traz segurança à compra e demonstra a regularidade do negócio.

Por envolver algumas etapas burocráticas, podem surgir dúvidas e dificuldades durante o processo. Então, preparamos este post com o passo a passo pra você emitir Nota Fiscal na loja virtual sem erros. Vamos lá?

Tenha um CNPJ

Parece meio óbvio, mas na loja virtual é preciso um CNPJ pra fazer a emissão das Notas Fiscais. Se você ainda não tem o seu, existem diversos tipos de empresas pra escolher, cada uma com processos de abertura específicos. A dica pra não ter problemas é contar com auxílio do Sebrae do seu Estado ou procurar um contador de confiança.

A abertura de um cadastro de Microempreendedor Individual (MEI), por exemplo, é bastante simples. Tudo é pela internet e em poucos minutos você já tem o CNPJ ativo. Os demais detalhes podem ser consultados no portal do empreendedor. Fácil, não é?

Adquira um certificado digital

O certificado digital permite que você assine documentos eletronicamente, o que traz mais segurança diante do uso cada vez maior da tecnologia. Muitos softwares, aliás, exigem essa ferramenta na emissão das Notas Fiscais.

O investimento é baixo e eles têm duração de 1 ou 3 anos. A vantagem é que o certificado pode ser usado pra assinar outros documentos digitais e validar acesso em diversos canais oficiais, como no site da Receita Federal.

Cadastre-se na Secretaria da Fazenda

Você vai precisar de autorização da Fazenda Municipal ou Estadual pra emitir a Nota Fiscal, dependendo do tipo de negócio. Em alguns locais, é tudo feito pela internet, enquanto outros exigem o atendimento presencial.

Pra deixar esse processo mais rápido, pesquise o contato da Secretaria da Fazenda e se informe diretamente com ela. Assim, você já esclarece as dúvidas, organiza os documentos e realiza todos os procedimentos pra autorizar a emissão do documento na sua loja.

Escolha um emissor de Notas Fiscais

O emissor de Nota Fiscal é o software escolhido pra gerar os documentos. Você vai encontrar várias opções no mercado, então, vale a pena avaliar questões como:

  • facilidade de uso;
  • custos;
  • confiabilidade;
  • funcionalidades adicionais.

Existem softwares que também têm funcionalidades que ajudam na gestão do negócio, como controle de pedidos, de estoque, fluxo de caixa, entre outras.

Controle as emissões de NFs

Por fim, depois de emitir as Notas Fiscais, é interessante implantar um sistema pra armazená-las corretamente. Salve os arquivos e organize em pastas pra facilitar a busca e tenha um sistema de backup pra recuperar os documentos, caso aconteça algum problema.

A Nota Fiscal para loja virtual traz todas as informações sobre o produto e ajuda o consumidor a exercer os seus direitos. Outro ponto é que ela garante o recolhimento dos tributos. Deixar de emitir o documento é sonegação fiscal, combinado? Portanto, organize-se pra aplicar as nossas dicas e garanta a emissão das NFs de forma simples e rápida.

Esperamos que este conteúdo tenha esclarecido as suas dúvidas. Aproveite pra seguir nossas redes sociais — vemos você lá no Instagram e YouTube!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa