Preço do produto: como decidir

Reading Time: 3 minutes

Gente, equilibrar o preço dos produtos é fundamental pra atrair os clientes e manter o lucro ao mesmo tempo, né? Agora, pra chegar ao valor ideal, tem alguns detalhes que precisam ser levados em conta. Você sabe quais são eles? Nós aqui do Magalu vamos te contar! Vem ver!

Por que calcular seu próprio preço

Olha, usar apenas o valor dos concorrentes como base pra decidir o preço do seu produto não é o ideal, viu? Isso porque você tem custos diferentes pra funcionar, que podem ser mais altos do que outros e-commerces! Daí, quando perceber o prejuízo, vai ter trabalho adicional pra reverter ele.

Além disso, tem muitos detalhes que é preciso considerar ao precificar cada tipo de produto, tá? Por exemplo, definir o valor de algo percebido pelo cliente como exclusivo é diferente de vender itens que são mais simples. E também é importante pensar sempre nas suas metas!

Por isso, nós vamos te contar o que não pode ser deixado de lado em nenhum caso na hora de planejar preços e daí você ajusta o valor final de acordo com a sua estratégia, combinado?

Como calcular o preço do produto

Muitas pesquisas sérias mostram que o preço, pra maioria dos clientes, é um fator decisivo na hora da compra, viu? E, pra precificar o seu produto de um jeito que ele continue atrativo, tem que somar todos os gastos na ponta do lápis!

Comece pensando nas despesas fixas da sua loja, tá? Leve em conta desde contas de água e luz, passando por salário da equipe e manutenção das máquinas, por exemplo. Tem que calcular quanto de cada um deles são usados pra poder fazer a venda do produto.

Pense também nos custos que o produto te dá, desde a compra do fornecedor até armazenamento e transporte, e os impostos a serem pagos. As taxas de cartões também devem ser incluídas. Além disso, no caso de produtos em marketplace, tem a taxa dele também, viu?

A quantidade de produtos no seu estoque também deve entrar no cálculo! Parece complicado, né? Por isso, é sempre bom contar com algumas ferramentas que aparecem pra simplificar seu dia, como essa planilha aqui do Sebrae que pode ser usada gratuitamente! Mas dá pra encontrar outras opções na internet, se preferir.

Agora, uma dica: se pro cliente os centavos podem não ser importantes, pra você é! Afinal, quando muitos produtos são vendidos, essas pequenas diferenças chegam a juntar milhares de reais! Além disso, dependendo de como esse valor é anunciado e quais são os canais de pesquisa do consumidor, é um detalhe que destaca você de concorrentes!

Ah, e em alguns casos, quando ter um tipo específico de produto tá na moda, os clientes podem ter disposição a pagar um pouco mais por ele. É uma situação que você tem que pensar direitinho até que ponto pode ir, pois mesmo nesses casos um valor alto demais pode acabar afastando as pessoas!

De olho na concorrência

Não dá pra perder as outras lojas de vista, viu? É importante sempre acompanhar a concorrência porque, se alguma delas conseguir um preço mais atrativo que o seu ou conquistar uma grande vantagem que chame a atenção, é preciso reagir rápido pra não perder seu público!

Dá pra fazer várias ações pra reconquistar eles, como renegociar valores com seus fornecedores pra tentar repassar um preço mais em conta. E, se não tiver como fazer essa redução, daí vale a pena trabalhar sua publicidade pra chamar atenção pra outras qualidades, como prazo de entrega.

Gostou? Aqui no nosso blog tá cheio de dicas que vão deixar o dia a dia da sua empresa bem mais prático! Vem conferir!

Deixe seu comentário