como vender roupas online

Tudo que você precisa saber sobre vender roupas online

Entre todas as possibilidades lucrativas do e-commerce ou do marketplace, vender roupas online é uma das melhores decisões que você poderia tomar. Para comprovar, basta observar os números positivos do comércio eletrônico. Ao lado da comercialização de acessórios, o aumento das vendas de roupas pela internet no primeiro trimestre de 2021 chegou a 23%.

Tendo em vista a expectativa de recuperação da economia no segundo semestre, você deveria se perguntar o que precisa fazer pra se beneficiar disso. Basicamente, é necessário seguir algumas etapas para implantar o negócio em ambiente virtual e, além disso, encontrar formas de se diferenciar da concorrência.

Quer mesmo saber como comercializar roupas online e conquistar resultados excelentes? Confira as nossas dicas e veja que isso é bem mais simples do que parece!

Como começar a vender roupas online?

O primeiro passo, que é selecionar um nicho de mercado que ofereça um ótimo retorno, você já deu. Antes de comemorar as vendas e os lucros, entretanto, é necessário se concentrar na infraestrutura de sua loja virtual. Pensar apenas no faturamento sem se preparar de forma adequada pra obtê-lo é um equívoco.

Quanto melhor a organização e o planejamento, maiores são as chances de sucesso em curto, médio e longo prazo. Então observe com calma tudo o que você precisa ter pra trilhar o caminho do sucesso no mundo das vendas online.

Defina a plataforma

A primeira coisa a se fazer é definir a plataforma. Aqui, basta uma busca na web pra perceber que existem diversas opções pra vender roupas online, o que mais confunde do que ajuda. Pra facilitar e resumir o dilema, tenha em mente que existem dois caminhos.

O primeiro deles é criar seu próprio site, algo que costuma ser trabalhoso, ou pagar para que alguém o desenvolva e o mantenha no ar. Uma alternativa em voga devido à estrutura robusta que proporciona aos lojistas parceiros é o marketplace, caso do Magalu.

Nesse modelo de negócio, a sua marca fica atrelada à outra, maior e respaldada por uma base de clientes extremamente consolidada. Pra encontrar os melhores marketplaces do mercado, é importante avaliar uma série de características. Ainda neste post, vamos abordar quais são elas com mais detalhes.

Faça um estoque

Ter um estoque parado é um problema que pode afetar qualquer loja (física ou virtual). O segredo pra evitar esse tipo de situação está no planejamento e no controle de estoque.

Em relação à parte de planejar, vale a pena compor a estocagem com base nas preferências do público-alvo da sua loja. De acordo com as escolhas dos seus clientes (ou potenciais clientes), fica mais fácil montar um estoque inteligente.

Na prática, isso significa que ele não ficará abarrotado de peças apenas pra fazer volume. Conforme pesquisas, registros anteriores (se você já tem uma loja física, por exemplo) e análise de tendências, fica mais fácil se aproximar das expectativas de quem for visitar sua loja virtual.

Defina como será a logística de entrega

Outro fator fundamental para qualquer negócio ancorado na internet está relacionado à estrutura logística, não é mesmo? Cada vez mais exigente e atento, o consumidor, de maneira geral, acostumou-se a receber as suas compras feitas pela web antes do prazo previsto. Quando isso acontece com frequência, a marca da sua loja ganha uma referência importante.

Mais uma vez, é interessante aderir a um marketplace que proporcione um sistema de entregas já testado e aprovado por milhares de consumidores brasileiros. É o caso do Magalu Entregas!

Uma dica consiste em constatar se há a isenção do frete — vital pra diminuir os custos, principalmente para quem está começando a vender roupas online.

Divulgue seus produtos

Existem diferentes maneiras de promover as peças comercializadas pela sua loja. As mais efetivas no mundo moderno derivam das práticas associadas ao marketing digital, como enviar e-mails que convidem os clientes a conhecer as novidades da semana.

A publicação das peças em redes sociais também ajuda a ampliar bastante o contato entre a sua loja e o público desejado por ela. Com o passar do tempo, essas ações fortalecem esse relacionamento, tornando-o estável ao longo de meses e anos.

Como se destacar da concorrência?

Até agora, nós abordamos os principais pontos comuns a toda loja virtual bem-sucedida, concorda? Existe ainda outro aspecto elementar para que você realize ótimos negócios: a análise de concorrência online.

Desse modo, é possível, entre outras coisas, estar ciente quanto à identificação de seus concorrentes diretos e indiretos. A partir disso, há uma série de detalhes que conferem certo caráter de exclusividade ao seu negócio, como as dicas que mencionamos logo abaixo.

Ofereça produtos únicos

Disponibilizar o que muitas outras lojas têm pode dar alguma segurança, mas propiciar peças únicas causa um efeito muito melhor. Se você buscar na memória, com certeza descobrirá que algumas lojas são preferidas no lugar de outras.

Entre todos os motivos para que isso aconteça, existe aquela sensação de só achar o que precisa em determinado lugar. No caso específico de lojas de roupas, você pode tanto se especializar em alguns estilos quanto se planejar pra sempre trazer novidades difíceis de serem encontradas.

Faça promoções

Igualmente relevante, as campanhas promocionais devem seguir uma linha de bom senso com o objetivo de não comprometer muito a margem de lucro do seu negócio.

Se a justificativa da promoção pra vender roupas online for o excesso de peças em estoque, por exemplo, sinal de que ele foi mal realizado. Para ficar longe de erros como esse, aprenda a definir o preço de venda dos produtos da maneira apropriada.

Tenha uma forte presença online

Neste ponto, chamamos sua atenção para a necessidade de marcar presença nos mais variados ambientes virtuais. Além de criar contas em redes sociais, por exemplo, adquira o hábito e formas de se manter online, com disposição pra interagir com o seu público.

Dessa maneira, você fortalece a marca da sua loja, fazendo com que ela seja lembrada com mais facilidade e frequência. Esteja atento aos canais mais utilizados pelos seus clientes e certifique-se de situar a marca do seu negócio em cada um deles.

Foque o atendimento de qualidade

Finalmente, mas não menos relevante, a qualidade de atendimento é, sem exageros, o fator mais indispensável de todos. Nesse sentido, tenha o cuidado de proporcionar diferentes formas de contato com quem consome ou está interessado em consumir as roupas da sua loja, tudo bem?

Lembre-se de que um ótimo atendimento não termina na venda: na verdade ele continua no pós-venda. Só assim a experiência de compra será completa, um fator cada vez mais crucial pra conquistar e fidelizar um número satisfatório de clientes.

Como escolher o marketplace para vender roupas online?

Já mencionamos que um dos caminhos pra vender roupas na internet é fazer parte de um marketplace. No entanto, existem várias plataformas desse tipo na internet e, ao contrário do que você pode pensar, elas não são todas iguais.

Escolher um bom marketplace impacta diretamente nos resultados que a sua loja vai alcançar. Por isso, preparamos uma lista com os critérios que você não pode deixar de observar ao selecionar uma plataforma para vender roupas online. Confira!

Conheça o público-alvo

O primeiro ponto que você precisa analisar é se o público-alvo do marketplace é o mesmo que você quer atrair. Afinal, não adianta nada colocar as suas peças à venda em uma plataforma, ainda que ela seja muito boa, se as pessoas que costumam acessá-la não fazem isso em busca do tipo de produto que você comercializa.

Então observe como são as campanhas publicitárias do marketplace e tente entender para qual público elas são voltadas. Também vale a pena acessar a plataforma e buscar por peças de roupas pra ver quais categorias — vestuário masculino, feminino ou infantil, por exemplo — recebem mais avaliações dos clientes, o que é uma evidência de que vendem bem.

Verifique a reputação

Outro critério fundamental é a credibilidade do marketplace no mercado. Isso porque, como mencionamos, sua marca fica associada à da plataforma. As duas são parceiras de negócios e qualquer coisa que dê errado em um atendimento afeta a imagem de ambas.

Logo, você precisa escolher um marketplace pra vender roupas online que tenha uma boa reputação. Para verificar isso, dê uma olhada nos comentários que os clientes deixam nos anúncios, nas redes sociais e também em sites especializados, como o Reclame Aqui. O Magalu, por exemplo, é conhecido por oferecer uma excelente experiência em varejo.

Esse tipo de pesquisa ainda tem outra utilidade. Você pode aproveitar pra descobrir quais são os problemas que os consumidores mais enfrentam ao comprar roupas pela internet — dificuldade em entender os tamanhos e atrasos na entrega, por exemplo — para se adiantar e evitar que sua loja gere as mesmas reclamações.

Entenda como a plataforma funciona

A facilidade de uso da plataforma é determinante para que os usuários consigam navegar e encontrar o que procuram, não é mesmo? Como alguém que com certeza também faz compras online, você deve entender bem como é importante contar com uma navegação rápida, sem travamentos e com botões clicáveis visíveis, além de outras funcionalidades.

Além de conferir a praticidade da plataforma, entenda quais são os recursos e ferramentas que ela oferece tanto para os vendedores parceiros quando para os clientes. O Magalu se preocupa em garantir uma experiência agradável para ambos, sem burocracia e com tecnologia de ponta.

Verifique o custo-benefício

Os marketplaces trabalham em um sistema de comissões, de modo que a plataforma fica com uma parte do valor de cada venda. Por esse motivo, outro fator a ser considerado na escolha são as taxas cobradas. Informe-se qual é a de cada plataforma e compare os valores pra encontrar o melhor custo-benefício.

Procure saber também como funcionam os repasses e com que frequência eles são feitos, pois isso vai ajudar você a controlar suas finanças. No Magalu, você pode receber por semana e por mês.

Conheça os diferenciais da plataforma

Além de analisar todos os fatores que citamos, vale a pena considerar outros diferenciais que a plataforma possa ter. No caso do Magalu, os parceiros têm acesso a cursos gratuitos de marketing e vendas pra se capacitarem cada vez mais.

E aqui mesmo no blog você encontra uma infinidade de conteúdos pra aprender sobre o assunto. Você pode vender para todo o Brasil e ainda aprimorar os seus conhecimentos.

Por que vale a pena vender roupas em marketplaces?

Até aqui, você já deve ter percebido que usar um marketplace pra vender roupas online é uma ideia no mínimo interessante. Para deixar os benefícios dessa estratégia ainda mais claros, confira outros fatores que merecem destaque.

Maior alcance de público

Por oferecer variedade de produtos e já ser uma marca consolidada, um marketplace atrai um grande número de visitas todos os dias. Pra você, é como se a sua loja estivesse dentro de um shopping, com um grande fluxo de pessoas passando pelos corredores e vendo a sua vitrine. Toda essa visibilidade possibilita um aumento nas vendas.

Redução de custos

Criar a sua loja virtual dentro de um marketplace sai muito mais barato do que manter um site por conta própria. Até porque no Magalu, por exemplo, não há taxa de adesão para se cadastrar e o único custo pra você é a comissão que é cobrada por cada venda. Ou seja, você só paga quando consegue faturar.

Mais segurança

Por ser uma plataforma de grande porte, o marketplace conta com um sistema de segurança pra garantir transações financeiras sem problemas, tanto para vendedores e parceiros quanto para clientes. Todos os dados ficam protegidos e você não precisa se preocupar com isso.

Quais as principais dicas de marketing digital para vender roupas online?

Além de divulgar a marca por meio das redes sociais, existem outras estratégias de marketing digital que você pode adotar pra vender roupas online. A seguir, listamos as principais.

Utilize boas fotos

O primeiro passo pra convencer as pessoas a clicarem nas páginas dos seus produtos é ter fotos bonitas e com aparência profissional. É importante ter o cuidado de fotografar as peças de frente e de costas, mostrar detalhes mais de perto e incluir as variedades de cores disponíveis. Fotos de modelos usando as roupas também ajudam os clientes a visualizarem melhor as peças.

Capriche na descrição das peças

Além de boas fotos, ter boas descrições de produtos é outro fator que atrai o público, mesmo porque isso permite que seus anúncios sejam encontrados com mais facilidade quando alguém digitar um termo relacionado no motor de busca. Por isso, faça uma descrição clara e objetiva no título do anúncio e depois acrescente informações complementares, como tamanhos, cores e tipo de tecido.

Defina a personalidade da sua marca

Ao usar canais de divulgação, como as redes sociais, pra interagir com o público, é importante padronizar o tom de voz da sua marca. Para isso, considere o perfil dos seus clientes — se você quer vender roupas online para um público jovem e descolado, por exemplo, a linguagem pode ser divertida e até mesmo incluir gírias e referências à cultura pop.

Aproveite o pós-venda

Lembra que citamos o envio de e-mails como uma forma de divulgar os produtos? O pós-venda é um bom momento pra fazer isso e pra estreitar mais o relacionamento com os clientes, o que vai ajudar na fidelização deles.

Considere todas essas orientações preciosas e prepare-se pra vender roupas online como nunca! Falta apenas um único detalhe: ficar por dentro de algumas estratégias compartilhadas pelos melhores vendedores do mercado.

Gostou da ideia e quer saber mais? Baixe agora mesmo o nosso e-book gratuito sobre como fazer uma estratégia de marketing para seu marketplace!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa